29 de Julho, 2016 - 09:40 ( Brasília )

Aviação

Avião da AFA faz pouso forçado após problemas técnicos em Pirassununga

Piloto era o único tripulante a bordo e não se feriu, informou a FAB. Aeronave de treinamento modelo Tucano T-27 desceu em fazenda.

Um avião de treinamento modelo Tucano T-27 fez da Academia da Força Aérea (AFA) fez um pouso forçado na tarde desta quinta-feira (28) no Morro da Cantareira, área rural de Pirassununga (SP). O piloto, único tripulante a bordo, não se feriu, informou a Força Aérea Brasileira (FAB).

De acordo com o Centro  de Comunicação Social da Aeronáutica, o T-27 apresentou problemas técnicos e pousou em uma fazenda. Em nota, a AFA afirmou que “iniciou as investigações dos fatores que contribuíram para a ocorrência”.

Chamas

O Corpo de Bombeiros controlou o incêndio com a ajuda do caminhão-pipa de uma usina.

“Tinha fogo no mato e no motor do avião. Foi feita a contenção e a preservação do tanque de combustível com espuma. Isolamos o local e aguardamos a FAB para os demais procedimentos administrativos”, disse o tenente Michel Beraldo.

O administrador da fazenda, Adilson Pugini, viu o avião desgovernado e correu para ver o que tinha acontecido. Ele contou que até conversou com o piloto. “Ele falou que não ejetou para o avião não machucar ninguém. Tentou pousar para salvar as pessoas que estavam trabalhando na fazenda”, relatou.

A irmã dele, Ana Maria Pugini, disse que ficou assustada. “Você vê próximo de você, ver que vai cair e não pode fazer nada. Infelizmente é uma cena horrorosa”, contou a dona de casa.

Outros casos

Este é o terceiro caso envolvendo aeronaves militares registrado no mês. Na última terça-feira (26) um caça da Marinha do Brasil caiu no mar da Região dos Lagos do Rio. O piloto se ejetou e ainda não foi encontrado.

No dia 5 de julho, um caça F5-FM da FAB caiu na Base Aérea de Santa Cruz (BASC), na Zona Oeste do Rio. Os dois tripulantes conseguiram se ejetar, descer de paraquedas e pousar com segurança, segundo a FAB.