25 de Fevereiro, 2016 - 18:30 ( Brasília )

Aviação

FAB - Falso Coronel é preso na BASP

Falso coronel é preso após entrar na Base Aérea de São Paulo

 


Fonte Jornal Extra
 

Ele tinha cara de militar, postura de militar, farda de militar e até estrela de coronel. E foi assim, todo paramentado, que ele conseguiu enganar uma equipe de soldados de plantão e entrar na Base Aérea de São Paulo (BASP), localizada em Guarulhos, nesta terça-feira.

O suspeito se identificou como Antonio Luiz Morgon Filho, de 53 anos - nome que ainda está sendo investigado. Ele mostrou uma identidade falsa aos guardas que estavam de serviço para entrar no quartel. Mas a farsa no coronel caô não durou muito tempo. Ele chamou a atenção de militares que o prenderam após suspeitar do comportamento.

O falso coronel chegou de táxi até a base militar e disse que queria visitá-la para “matar as saudades”. Para ter acesso ao local, ele mostrou um documento falso de coronel da Aeronáutica. Ele disse que já havia trabalhado no local no passado e que, atualmente, estava em Brasília. O que chamou a atenção da segurança do quartel foi que o homem pedia insistentemente para ver o depósito de armamentos da unidade.

O serviço de inteligência da Basp, no entanto, conseguiu verificar que o homem não era um antigo coronel da unidade e ele acabou preso. O homem carregava consigo uma maleta, na qual havia apenas dinheiro.

 

Falso coronel apresentou uma carteira de indentificação falsa
Falso coronel apresentou uma carteira de indentificação falsa Foto: Reprodução

 

Em um áudio, recebido pelo EXTRA, um militar, que trabalha na Basp, falou sobre o ocorrido: “Ele se apresentou com esse 5º uniforme aí da foto, dizendo ser coronel full da reserva, que serviu aqui na base aérea, nos idos de 80 e pouco, e que queria passear pela base e ‘matar as saudades’. Como a gente tem aqui um sistema de avisar para o oficial de dia quando está chegando uma autoridade e manda essa autorização para a guarda por e-mail, isso (a chegada inesperada do falso coronel) gerou estranheza no soldado (da guarnição)”.

No áudio, o militar acrescenta que, após entrar na unidade militar, o homem conversou com uma major, que notou a farsa: “O major começou a desconfiar das informações que o falso coronel passava. Ele dizia ser da turma de alguns brigadeiros, citava os nomes de brigadeiros de verdade mesmo, mas só que na hora de falar o nome da turma (na qual ele serviu), não disse o nome da turma que existisse na academia. A inteligência foi caçar as informações e descobriu que ele realente não é ‘milico’ e estava fantasiado ali”.


Falso coronel pode ser denunciado pelos crimes de “uso de documento falso”, “ingresso clandestino” e “uso indevido de uniforme, distintivo ou insígnia militar”.

Falso coronel pode ser denunciado pelos crimes de “uso de documento falso”, “ingresso clandestino” e “uso indevido de uniforme, distintivo ou insígnia militar”. Foto: Reprodução

 

Em nota, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que: “Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (23/02) na Base Aérea São Paulo (BASP) após tentar se passar por militar, apresentando identidade falsa e trajando uniforme da Aeronáutica. O suspeito está detido na BASP à disposição da Justiça Militar e pode ser denunciado pelos crimes de ‘uso de documento falso’, ‘ingresso clandestino’ e ‘uso indevido de uniforme, distintivo ou insígnia militar’”. A FAB não confirmou se o nome do homem preso, de fato, é Antonio Luiz Morgon Filho.

 

Base Aérea São Paulo (BASP)
Base Aérea São Paulo (BASP) Foto: Reprodução