18 de Dezembro, 2015 - 11:10 ( Brasília )

Aviação

Delta anuncia compra de jatos da Embraer e Boeing


A
Delta Air Lines anunciou a inclusão de até 20 aeronaves Embraer 190s e 20 novos Boeing 737-900ERS à sua frota, com o objetivo de melhorar sua eficiência ao mesmo tempo em que reduz a utilização de pequenas aeronaves regionais.

As novas aquisições foram feitas por meio de um novo acordo com a The Boeing Company, e a Delta encontrou nele razões econômicas mais convincentes do que em outro pedido anterior, que também incluía jatos E190 com a Boeing.

"Esta encomenda de aeronaves é outro exemplo da estratégia de frota exclusiva da Delta, ao implantar uma combinação de aeronaves novas e usadas, mantendo baixos custos de capital e alavancando uma significativa flexibilidade na capacidade, além de produzir retornos superiores para nossos acionistas", afirma o vice presidente sênior de Gestão da Cadeia de Suprimentos da Delta, disse Greg May.

Os Boeing 737-900ER adicionais elevarão o total da frota da Delta para 120, em 2019. A aeronave apresenta amplos compartimentos superiores e 20 assentos com entretenimento de áudio/vídeo no encosto das poltronas na First Class, 21 assentos na Delta Comfort + e 139 assentos na Main Cabin.

Já o design da cabine da Embraer no E190, previsto para voar em 2017, inclui assentos em configuração 2x2 em toda a Main Cabin, 1x2 na First Class e amplos compartimentos superiores.

Nota DefesaNet

Estas aeronaves EMB E190  eram operadas pela Air Canada que foram absorvidas pela Boeing Co em negociação anterior. Agora operarão pela DELTA.

O Editor