26 de Setembro, 2015 - 11:40 ( Brasília )

Aviação

Boeing KC-46A Primeiro Voo

Voo abre caminho para testes de reabastecimento



A empresa Boeing e equipe da U.S. Air Force completaram com sucesso o primeiro voo da aeronave de reabastecimento KC-46A, em 25 Setembro 2015, decolando de Paine Field às  13:24 Horas (PST) e pousando quarto horas após no Boeing Field,  Seattle, Estado de Washington.

Foi o primeiro voo da aeronave KC-46A, após os voos de demonstração de conceito em uma aeronave de testes B767-2C. Durante o voo, os pilotos de testes da Boeing realizaram testes de check operacionais nas turbinas, controles de voo e sistemas ambientais e voaram a uma altitude máxima de 35.000 pés antes do pouso.

As equipes da Boeing realizarão uma inspeção pós voo e calibração da instrumentação ante de reiniciar os testes de voo, nos quais o boom de reabastecimento e o Wing Aerial Refueling Pods (WARPs) sistema serão acionados. Ante do fim do ano o KC-46 iniciará os testes de reabastecimento com aeronaves da USAF. Estes voos, junto com a demonstração do Sistemas de Missão  e um recente teste de teste de movimentação de carga, apoiarão a planejada etapa C, em  2016.

Como parte do contrato assinado em 2011, para projetar e desenvolver  a próxima geração de aeronaves reabastecedoras da U.S. Air Force, a Boeing está fabricando 4 aeronaves de testes  – 2 configuradas como B767-2C e 2 Reabastecedores KC-46A. Os   KC-46 voarão voarão totalmente instrumentados para completar os processos de  certificações Militar e da FAA enquanto as aeronaves B767-2C iniciaram os testes anteriormente a serem configurados na versão do KC-46 e receber os sistemas de reabastecimentos.

Os testes realizados  com a aeronave de demonstração  (EMD-1), um B767-2C, completaram mais de 150 horas de voo, desde o primeiro voo em Dezembro de 2014.

A aeronave de transporte e e reabastecimento multimissão KC-46A que a Boeing está construindo para a U.S. Air Force poderá reabastecer todas as aeronaves aliadas e que participem em coalizão  internacional, transportar passageiros,  carga e transporte aeromédico. Ao todo a Boeing planeja produzir 179 aeronaves KC-46 para a U.S. Air Force.