COBERTURA ESPECIAL - Argentina - Inteligência

17 de Novembro, 2018 - 22:30 ( Brasília )

G20 – Argentina passa o chapéu

Governo Macri passa o chapéu para equipar suas forças de segurança para o G20


 
Redação DefesaNet
e Jornal Clarin

Nesta semana, o governo não conseguiu conter o vazamento para a imprensa da cerimônia do recebimento da doação de equipamentos de segurança que o governo da China fez à Argentina no valor de US$ 18,3 milhões para a cúpula do G20.

Posteriormente estes equipamentos serão incorporados permanentemente ao Ministério da Segurança. 

A ministra da Segurança Patricia Bullrich havia planejado a apresentação "em privado" para esta sexta-feira (16NOV2018). O evento ocorreu com a presença do embaixador chinês na Argentina, Yang Wanming. Na oportunidade a Ministra e o Embaixador inspecionaram as viaturas blindadas e as motocicletas que vieram do país asiático como parte dessa doação.  
 
A apresentação para o Embaixador Yang, que irá terminar em breve a sua missão na Argentina, ocorreu na Polícia Federal da Argentina (PFA), também com a presença de Eugenio Burzaco (secretário de Segurança), Alberto Föhrig (secretário Coordenação) e Gerardo Milman (chefe do gabinete).

A doação chinesa  é a maior, mas não é a única. Os americanos já haviam fornecido cerca, de US $ 400 mil, no ano passado em equipamentos médicos e de campanha para a Cúpula do G20, e o Ministério da Segurança adquiriu equipamentos dos israelenses e franceses e italianos. 
 
O equipamento doado pela China inclui:

- dois caminhões centros de comando móvel;
- quatro viaturas blindadas de intervenção rápida;
- 30 motocicletas para escolta presidencial, equipadas com sistema de comunicação e vídeo em tempo real com o centro de controle;
-  40 roupas a prova de explosão;
-  87 detectores de explosivos e objetos metálico, drogas, cabos e dispositivos eletrônicos, e,
- equipamentos para remoções remotas, videoscópio e diferentes substâncias. 
 
 
O Presidente Xi Jinping, que terá uma reunião  bilateral, com o Presidente Mauricio Macri, no domingo 02 de dezembro, depois do encerramento da Cúpula do G20.

"A experiência do G20 é muito importante para o nosso país e esta doação de equipamentos estratégicos para a Cúpula do G20 é o resultado de uma cooperação, que temos com as autoridades chinesas", disse a Ministra Bullrich.
 
Equipamentos Israelenses

O governo argentino destacou como uma "decisão estratégica" a aquisição de duas lançhas patrulha de Israel,  que apresentou este ano a Prefectura Naval. No período do G20, eles estarão a serviço da segurança do evento posteriormente continuarão nas atividades normais das hidrovias. De Israel também, o governo nacional comprou um sistema de defesa cibernética de US$ 5,2 milhões que será usado durante o G20 para evitar tais ataques. 
 
Para o Ministério da Defesa, mas que não chegam a tempo a compra de  caças Super Etendard da França, mas serão usados para proteção do espaço aéreo, os A4 Skyhawk, que foram comprados dos Estados Unidos. 

O Ministério da Segurança, adquiriu um helicóptero francês Airbus H145 para a Polícia Federal e um AgustaWestland 169, da Itália, que, após o G20 irá para a Gendarmeria.

 
As forças de segurança participam da apresentação do equipamento que será usado para a segurança da cúpula do G20.



Auxílio Regional

O governo argentino não detalha, mas é provável que os países da região, em especial o Brasil, forneçam apoio logístico e estratégico em apoio às ações de segurança na Cúpula do G20.

Esta ação foi coordenada com e treinada durante a Copa do Mundo (20174) e a Olimpíada Rio 2016. Assim a Polícia Federal do Brasil e as tropas de Gendarmeria Argentina para controle de fronteiras.
 
Em alguns momentos, a FAB também operou, nos últimos anos, com a aeronave radar E-99, em apoio às atividades de controle do espaço aéreo argentino.

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


TOA

TOA

Última atualização 14 DEZ, 10:45

MAIS LIDAS

Argentina