COBERTURA ESPECIAL - Mão Amiga - Defesa

28 de Julho, 2017 - 12:10 ( Brasília )

Forças Armadas e Defesa Civil realizarão Exercício Conjunto em Petrópolis (RJ)


Começa na próxima segunda-feira (31), a terceira edição do Exercício Conjunto de Apoio à Defesa Civil (ECADEC), coordenado pelo Ministério da Defesa, e com a participação dos Ministérios da Integração e da Saúde, junto a órgãos estaduais e municipais do Rio de Janeiro. Até 4 de agosto, o 32º Batalhão de Infantaria, em Petrópolis (RJ), será sede de ações simuladas num cenário de intensas chuvas, deslizamentos de encostas e inundações.

O ECADEC tem o objetivo de aumentar a integração entre as Forças Armadas e as agências civis, treinando capacidades e medidas de coordenação, para o apoio em caso de desastres de grande magnitude. Essa atividade pode representar um valioso ganho em vidas humanas e redução de danos materiais.

Cerca de 150 pessoas, entre militares e civis, vão trabalhar, em nível de Estado-Maior Conjunto e interagências (nível decisório), sem o emprego de tropas no terreno. Além de desastre natural, já enfrentado pela região serrana carioca em 2011, ocorrerão situações simuladas de acidente industrial/químico na Refinaria de Duque de Caxias e, nesta edição do Exercício, pela primeira vez, uma atividade de combate a incêndios florestais.

O apoio à Defesa Civil pelas Forças Armadas está previsto no artigo 16 da Lei Complementar nº 97/99 e nos últimos anos, tem se destacado como uma das atividades subsidiárias mais realizadas pela Marinha, Exército e Aeronáutica.

No Brasil, a Defesa Civil é de responsabilidade do Ministério da Integração, que atua por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC), na articulação com estados e municípios, para emprego dos meios federais.

É a primeira vez que o ECADEC ocorre no estado do Rio, as edições anteriores aconteceram em Florianópolis (SC), em 2105, e Vitória (ES), em 2016.